PRF-MA prende passageira com 12kg de cocaína em ônibus na BR-316, em Caxias

Foto Reprodução

Uma operação de rotina da Polícia Rodoviária Federal do Maranhão (PRF-MA) resultou na prisão de uma passageira de 20 anos de idade, flagrada com aproximadamente 12kg de cocaína em sua bagagem. O flagrante ocorreu no final da manhã desta sexta-feira (19), durante a fiscalização de linhas estaduais na BR-316, em Caxias.

De acordo com a PRF-MA, a droga estava dividida em 12 tabletes escondidos dentro da mala da passageira. A jovem informou aos policiais que recebeu os entorpecentes em Marabá, no Pará, e tinha como destino final a cidade de Teresina, no Piauí. A mulher foi presa por tráfico de drogas interestadual e encaminhada, juntamente com a droga apreendida, à Delegacia Regional da Polícia Civil em Caxias para as devidas providências legais.

Este incidente é mais um exemplo do esforço contínuo da PRF-MA no combate ao tráfico de drogas na região. Somente em 2024, as operações da PRF-MA já resultaram na apreensão de 1,5 tonelada de entorpecentes no estado, todos encaminhados à Justiça para a apuração de crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

A atuação da PRF-MA tem sido crucial para a desarticulação de redes de tráfico interestadual, garantindo maior segurança nas rodovias e contribuindo para a redução do crime organizado na região.

PC cumpre mandados em caso de roubo a vereador em São José de Ribamar

Foto Reprodução

A Polícia Civil do Maranhão deflagrou, na manhã desta sexta-feira (19), uma operação policial a fim de cumprir mandados de busca e apreensão contra endereços de suspeitos de participação em um roubo contra a residência de um vereador do município de São José de Ribamar, fato ocorrido em março deste ano.  Os alvos foram endereços situados nos bairros J.Câmara, Matinha e Nova Terra.

Em um dos endereços, os policiais civis apreenderam uma quantidade expressiva de maconha, embalada em um plástico. Além disso, também foi encontrada, escondida em um forno da cozinha, uma arma de fogo do tipo revólver, calibre 38, com três munições intactas, a qual suspeita-se tenha sido utilizada no roubo a residência do parlamentar e em outros delitos.

Diante dos indícios de crime, um homem que se encontrava no local, foi preso em flagrante e levado para à delegacia para ser verificado sua participação no crime.

Em outro endereço, as equipes policiais apreenderam diversos aparelhos celulares, tablets e carcaças desses equipamentos, cuja procedência a Polícia Civil irá passar a averiguar na continuidade das investigações.

A ação policial foi coordenada pela Seccional Leste, com apoio da Seccional Norte e da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), todas vinculadas a Superintendência de Policia Civil da Capital(SPCC).

Itamaraty lança guia para brasileiros que vão acompanhar as Olimpíadas

Foto Reprodução

O Itamaraty lançou um guia com orientações para os brasileiros que vão acompanhar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Paris 2024. Segundo o Itamaraty, o guia foi elaborado porque, diferentemente de outras edições das olimpíadas, realizadas em um único local, os Jogo de Paris serão disputados em instalações localizadas em diversas regiões da França, inclusive na Polinésia Francesa, onde ocorrerão as provas de surfe. Os Jogos Olímpicos, serão realizados entre os dias 26 de julho e 11 de agosto. Já os Paralímpicos, ocorrerão de 28 de agosto a 8 de setembro.

A publicação traz informações sobre segurança, serviços médicos, de transporte, hospedagem, entre outros, das principais localidades que receberão as disputas das diversas modalidades olímpicas. Embora não seja necessário o visto para entrada de brasileiros em viagens turísticas inferiores a três meses para a França, os viajantes devem cumprir algumas normas.

Entre elas estão a contratação de seguro-saúde, no valor de 30 mil euros para cobrir despesas médicas, hospitalares, de morte e repatriação; comprovante de hospedagem, comprovação de meios financeiros (dinheiro, cheques de viagem, cartões de crédito internacionais, etc.), que podem variar de 65 euros por dia para quem possuir comprovante de hospedagem e 120 euros diários para quem não possuir a comprovação. Em caso de hospedagem em casa de familiares ou amigos, o valor cai para 32,5 euros diários.

O guia recomenda ainda atenção redobrada para evitar furtos e roubos em áreas de grande fluxo de pessoas e traz telefones úteis para esses casos, como o da polícia e de emergências hospitalares. A publicação também disponibiliza os contatos para os consulados brasileiros em alguns dos locais onde ocorrerão as disputas. O guia pode ser acessado aqui.

Agência Brasil 

MP emite recomendação contra maus tratos a animais na 29ª Vaquejada de Amarante do MA

MPMA

O Ministério Público do Maranhão emitiu, em 10 de julho, Recomendação com uma série de providências para garantir a segurança dos consumidores, competidores e o tratamento adequado aos animais na 29ª Vaquejada de Amarante do Maranhão, que será realizada de 2 a 4 de agosto. O documento foi encaminhado aos organizadores do evento, à Prefeitura, à Polícia Militar e à Polícia Civil.

Na manifestação, o promotor de justiça Carlos Róstão Martins Freitas destaca que é necessário assegurar a defesa dos animais para evitar crimes ambientais. A Lei 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais) estabelece que o crime de maltratar, ferir ou mutilar animais prevê pena de detenção de três meses a um ano e pagamento de multa.

A Associação Brasileira de Vaquejada (ABVAQ) determina a adoção de uma série de medidas para mitigar o sofrimento dos bichos: utilização de protetor de cauda, preenchimento de relatório informativo e permanência de um profissional denominado “juiz de bem-estar animal”.

O juiz é um médico veterinário ou zootecnista com experiência comprovada no manejo de animais de grande porte e é responsável por inspecioná-los antes, durante e após as competições. Além disso, a ABVAQ exige a presença de uma equipe de médicos veterinários de plantão em todos os eventos, com equipamentos e medicamentos para emergências.

OUTRAS PROVIDÊNCIAS

O MPMA recomendou que seja proibida a utilização de garrafas, copos ou qualquer outro recipiente de vidro durante a vaquejada. A mesma medida deve ser aplicada à cavalgada, onde também será permitida, apenas, a participação de animais e veículos de tração animal. Os participantes devem ser alertados contra os maus-tratos e que essa prática é crime.

Todos os envolvidos na vaquejada, incluindo os promotores do evento, equipes de apoio e competidores são obrigados a proteger bois e cavalos. Os animais doentes, com ferimentos e sangramentos não poderão integrar os eventos.

Cabe à organização do evento disponibilizar água e comida para os animais em bebedouros localizados no percurso da cavalgada e no espaço da vaquejada.

Também foi indicada a proibição do uso de instrumentos que possam provocar ferimentos nos animais durante as competições, a exemplo de esporas e argolas.

A Promotoria de Justiça solicitou à Prefeitura de Amarante do Maranhão que fiscalize e autue pessoas responsáveis por infrações urbanísticas e ambientais flagradas na cavalgada. Os fatos devem ser comunicados ao Ministério Público e à Polícia Militar. Além disso, o Executivo municipal deve instalar lixeiras e garantir o recolhimento dos resíduos sólidos produzidos no evento, incluindo as fezes dos animais.

Foi recomendado, conjuntamente, à administração municipal e à Polícia Militar, que disciplinem o uso de aparelhagens de som e combatam o uso de fogos de artifício com estampido. O objetivo é coibir a poluição sonora, o estresse de animais, crianças, autistas, idosos e pessoas enfermas.

Segundo o documento, os organizadores da vaquejada e o Executivo municipal devem divulgar pelos meios disponíveis (rádio, televisão, internet e jornais) as regras de proteção ambiental no evento.

O termo de compromisso de uso de protetor de cauda e o relatório de bem-estar animal, cuja responsabilidade é da organização da 29ª Vaquejada de Amarante, devem ser encaminhados ao MPMA no prazo de cinco dias após o término do evento. A lista dos médicos veterinários que estarão de plantão deve ser informada ao Ministério Público antes das atividades da vaquejada.

Foi estabelecido o prazo de 10 dias para que os órgãos públicos e os organizadores repassem informações sobre os itens recomendados, assim como cópias dos alvarás, licenças e autorizações para o referido evento.

As medidas recomendadas pela Promotoria de Justiça não excluem as exigências legais cobradas pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária, Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão e Vigilância Sanitária Estadual.

O promotor de justiça Carlos Róstão Martins Freitas alertou que o descumprimento de qualquer um dos itens da Recomendação poderá implicar na responsabilização penal, cível e administrativa dos responsáveis, além de ações judiciais para embargo do evento.

PC do Maranhão finaliza primeiro semestre de 2024 com mais 300 prisões

 

Foto Reprodução

A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), finalizou o primeiro semestre de 2024 com um total de 312 prisões na região metropolitana de São Luís. No período, também houve a recuperação de mais de 300 celulares e 150 veículos, refletindo um empenho significativo no combate à criminalidade.

O secretário da Segurança Pública, Maurício Martins, destacou a relevância das operações para a segurança local. “A eficiência da Polícia Civil é fundamental para a manutenção da ordem e segurança em São Luís e região metropolitana, bem como no interior do estado. Estamos comprometidos em oferecer todo o suporte necessário para que esse trabalho continue trazendo resultados positivos”, afirmou.

O delegado-geral da Polícia Civil do Maranhão, Manoel Almeida Neto, enfatizou a importância da integração entre unidades policiais e outros órgãos de segurança. “A cooperação entre nossas equipes e a coordenação eficaz das operações são importantes para alcançar esses números expressivos. Nosso objetivo é intensificar ainda mais essas ações neste segundo semestre”, declarou.

Foto Reprodução

Ao todo, as operações resultaram em 115 prisões preventivas, 95 prisões em flagrante, 65 apreensões de adolescentes, 20 prisões condenatórias, 9 prisões temporárias e 3 prisões civis. Foram recuperados 368 aparelhos celulares, 156 veículos e apreendidas 76 armas de fogo.

O superintendente de Polícia Civil da Capital, delegado Carlos Alessandro, atribuiu esses resultados ao comprometimento dos policiais. “Os números são resultados da dedicação e comprometimento dos policiais civis nas ações desenvolvidas pelas delegacias subordinadas à SPCC. Continuaremos trabalhando para que os números do segundo semestre também sejam expressivos”, pontuou.

Entre as ações destacadas, estão 98 operações de busca e apreensão que desmantelaram grupos criminosos envolvidos em homicídios, tráfico de drogas, roubos a residências, estabelecimentos comerciais e veículos. A Polícia Civil também teve participação significativa nas “Operações Átria” e “Caminhos Seguros”, focadas no combate à violência doméstica e familiar contra a mulher, e à violência contra crianças e adolescentes, respectivamente.

Força-tarefa da PC e PM prende cinco supeitos por associação criminosa em Caxias

Foto Reprodução

A Polícia Civil do Maranhão, com apoio da Polícia Militar deflagrou, na manhã desta sexta-feira(19), uma força-tarefa de combate aos crimes de associação criminosa armada, tráfico de drogas e roubos qualificados praticados no município de Caxias, no Leste do estado. As equipes policiais tinham a missão de cumprir mandados de busca e apreensão e de prisão contra alvos de investigados nos bairros Antenor Viana e Seriema.

O delegado Alcides Martins, chefe da 17ª Delegacia Regional de Caxias, destacou que, cinco homens, entre 18 e 31 anos idade, foram presos por serem investigados por cometerem os crimes alvos da operação.  Ainda segundo o delegado, das cinco prisões, duas foram por mandados e três em flagrante.

Foto Reprodução

Nas residências dos investigados, os policiais apreenderam armas de fogo, tipo pistola e revólver, munições, cocaína, maconha, além de aparelhos celulares roubados e eletrônicos diversos.

Os cinco presos foram levados à sede da Delegacia Regional de Caxias para serem submetidos aos processos de praxe e, em seguida, encaminhados para custódia na unidade prisional da região, onde permanecerão à disposição da justiça.

A operação foi realizada por equipes de policiais civis dos Distritos Policiais de Caxias; DENARC e DHPP Caxias; Delegacia Regional de Timon; Grupo de Pronto Emprego e Núcleo de Operações com Cães; Delegacia de Polícia Civil de Buriti, Delegacia Regional de Chapadinha; SHPP e Delegacia Geral.

Carro mata jovem que caiu de moto com mais dois na BR 230; motorista que prestava socorro também foi atropelado

Acidente deixou uma jovem morta na BR 230

Uma jovem de 19 anos que não teve o nome divulgado, morreu atropelada na madrugada desta sexta-feira, 19, no km 404 da BR-230, em Balsas, no Sul do Maranhão. Ela estava em uma motocicleta com um condutor e outra ocupante, visivelmente embriagados e todos sem capacete, quando tombaram na pista.

De acordo com dados da Polícia Rodoviária Federal, o motorista de uma carreta parou para prestar socorro ao trio que estava caído no solo, quando um carro branco, de placa não identificada, atropelou os quatro. A jovem morreu na hora.

Os três feridos foram socorridos e levados para o hospital de Balsas, dois com ferimentos graves: o condutor do veículo de carga e o piloto da moto.

PF prende no aeroporto de São Luís homem condenado pelo crime de roubo qualificado

Foto Divulgação: PF

Na tarde de ontem, quinta 18/07, a Polícia Federal efetuou mais uma prisão no Aeroporto Marechal Hugo Cunha Machado, na capital maranhense.

O indivíduo L.S.M., de 46 anos, que viajava de São Paulo a São Luís, foi preso por policiais federais, em cumprimento a Mandado expedido pela 3ª Vara de Pinheiro/MA. O acusado possui condenação pelo crime de roubo qualificado (art. 157, §2, II do Código Penal).

Após os trâmites legais, o preso foi encaminhado ao Centro de Triagem, onde permanece à disposição da Justiça.

Falha cibernética gera apagão global e afeta bancos e aeroportos no mundo inteiro

Foto Reprodução

Na manhã desta sexta-feira, 19, um apagão provocado por uma falha cibernética está provocando atrasos e cancelamentos em voos e problemas no funcionamento de serviços bancários e de comunicação ao redor do mundo inteiro.

Diversos países registraram problemas técnicos que afetaram funcionamento de hospitais, operações de companhias aéreas internacionais, empresas ferroviárias e do setor de telecomunicações, entre outros.

O incidente está relacionado a um erro na atualização da empresa de cibersegurança CrowdStrike. As primeiras informações indicam que o apagão teve origem em sistemas da CrowdStrike que usam o sistema Windows, da Microsoft.

Nas redes sociais, a empresa americana assegurou que está adotando “medidas” a fim de amenizar a situação após os problemas detectados. “Os nossos serviços continuam observando melhorias contínuas enquanto seguimos adotando medidas de mitigação”.

Do Blog do Minard

Homem armado é preso por racismo, difamação, ameaça e desacato em Vargem Grande

Foto Reprodução

Em uma ação realizada na tarde da última quinta-feira, 18, a Polícia Civil  prendeu em flagrante, na cidade de Vargem Grande, um homem, pelos crimes de racismo, difamação majorada, ameaça, desacato e posse irregular de arma de fogo de uso permitido.

Segundo a Delegacia de Polícia de Vargem Grande, a prisão ocorreu após várias vítimas comparecerem ao distrito policial, relatando ameaças e atos racistas cometidos pelo suspeito, bem como apresentaram vídeos das ofensas raciais, que já haviam repercutido na cidade.

Diante das denúncias, uma equipe de policiais civis se deslocou até a residência do investigado, no Bairro de Fátima, onde efetuaram a prisão. No imóvel, os policiais apreenderam uma espingarda usada para ameaçar as vítimas.

De acordo como delegado titular da cidade, Tiago Castro, durante o ato da prisão e apreensão, o preso tentou intimidar e desacatar os policiais, sendo autuado também por difamação majorada contra servidor público e desacato.

Após audiência de custódia, a prisão em flagrante foi homologada pelo Poder Judiciário, e o preso foi encaminhado ao sistema prisional do Estado do Maranhão, onde permanecerá à disposição da justiça.