Em São José de Ribamar homem é executado dentro de loja

O homem identificado como Danilo Monteiro de Araújo, de 32 anos, conhecido como “Danilo Estrela”, residente na Cidade Olímpica, foi assassinado a tiros, neste sábado (31), na Vila Sarney Filho, em São José de Ribamar, na região metropolitana de São Luís.

Pelas informações, ele havia acabado de chegar à loja Carlinhos Som, em um veículo Celta, quando foi surpreendido pelos assassinos, que o seguiam em outro carro.

Sem esboçar nenhuma reação, Danilo, que já estava dentro da loja, foi alvejado com quatro disparos na cabeça e morreu no local.

A vítima tinha passagens pela polícia. Acredita-se que o crime pode ter sido por vingança ou acerto de contas.

A polícia realiza investigações para tentar identificar e prender os autores do crime

Presidente do STF se prepara para responder ameaças de Bolsonaro às eleições 2022

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, deve usar o tradicional discurso de retomada dos julgamentos na Corte na segunda-feira, 2, após o recesso do Judiciário, para enviar recados ao Palácio do Planalto, diante das sucessivas ameaças à realização das eleições em 2022.

Fux prepara uma resposta à tentativa de intimidação do ministro da Defesa, Walter Braga Netto. Como revelou o Estadão, o ministro mandou um interlocutor avisar aos Poderes que não haveria eleições de 2022 se não fosse aprovado o voto impresso.

O recado chegou para o presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), que cobrou do presidente Jair Bolsonaro respeito ao processo democrático.

Desde a semana passada, Fux vem sendo pressionado a se manifestar sobre as ameaças golpistas que agora também partem da Esplanada dos Ministérios. Segundo apurou o Estadão, o presidente do STF deve discursar em defesa da democracia, destacando que os Poderes não podem extrapolar o seu papel no Estado de Direito.

Com o nome sujo na praça, Nádia Quinzero pode ser a próxima a cair no governo Braide

Aliados de Eduardo Braide pedem que Nádia Quinzeiro seja retirada da presidência do Instituto de Previdência e Assistência do Município – IPAM. O fato é que, a única e exclusiva motivação pela permanência dela no cargo até hoje, seria a intervenção por intervenção de Flávio Olímpio, exonerado essa semana do cargo de Secretário Administração.

O nome de Nádia também é mau visto pelo eleitorado de Braide, pois ela é investigada por desvio de dinheiro da prefeitura de São José de Ribamar juntamente com o ex-prefeito Eudes Sampaio. Segundo denúncias feitas ao Ministério Público, Nádia teria cometido inúmeros crimes enquanto esteve a frente do Instituto de Previdência Social da cidade balneária. A própria prefeitura na gestão Dr.Julinho fez a denúncia quando se deparou com fraudes e nomeações falsas na folha de pagamento do IPSJR.

Na representação protocolada pela prefeitura ribamarense, Quinzeiro teria realizado transferências bancárias de dinheiro público a empresas fantasmas e efetivado servidores na folha do órgão sem nomeações.

Ela e o ex- prefeito Eudes, além de outros quatro denunciados, foram convocados para explicarem, o pagamento de R$ 136.412,77 a uma empresa que não possui nenhum vínculo contratual com a administração da cidade.

O repasse, destaca a representação, foi efetuado por meio de transferências bancárias nos meses de novembro e dezembro de 2020.

Após Eudes perder a última eleição e não se reeleger, ela levou para o IPAM toda a sua trupe, que é ligada ao ex-prefeito ribamarense, inclusive muitos destes além de não terem feito campanha para Braide, apoiaram a candidatura de Duarte Jr., que foi candidato do governador Flávio Dino (PSB), basta fazer uma pesquisa rápida nas redes sociais.

Dois policias militares são presos durante operação do GAECO

Em ação conjunta da Polícia Civil e Ministério Público do Maranhão, foi deflagrada nesta, a Operação Alferes nas cidades de Imperatriz e Grajaú, bem como em Maringá, no estado do Paraná. Na oportunidade, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão.

Foram presos temporariamente dois policiais militares e um outro indivíduo, todos suspeitos de participação num crime de tentativa de homicídio, ocorrido na cidade de Grajaú, em abril deste ano. Como o suspeito de ser o mandante do crime reside no Paraná, a ação também foi realizada naquele estado.

O objetivo da operação foi colher elementos a fim de subsidiar a investigação sobre o crime, relacionado a conflitos agrários.

Ainda foram apreendidas quatro armas de fogo sem o devido registro e permissão, o que ocasionou a lavratura de três autos de prisão em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo, além de outros objetos relevantes para a investigação, tais como celulares e documentos diversos.

A Operação Alferes foi executada em conjunto pelo Ministério Público do Maranhão, por meio da 1ª Promotoria de Grajaú e Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), e Polícia Civil do Maranhão, através dos Grupos de Pronto Emprego das cidades de Imperatriz, Timon e Caxias, da Superintendência de Polícia Civil do Interior, bem como equipe da Senarc de Timon. Em Maringá, a operação contou com o apoio do Gaeco do MP paranaense.

Menor de 17 anos é apreendido no Maranhão por ser suspeito de estuprar a própria irmã

Na manhã desta sexta-feira(30), a Polícia Civil do Maranhão com apoio da Policia Militar, cumpriram um mandado de internação provisória contra um adolescente de 17 anos de idade suspeito de praticar dois crimes de estupro na zona rural de Santa Quitéria. Além disso, o menor é apontado como autor do crime de abuso sexual da própria irmã de 14 anos de idade.

Segundo o delegado regional de Chapadinha, Jesimiel Alves, o suspeito sempre agia da mesma forma para cometer os crimes, observando a rotina da vítimas, e de se esconder em uma região de matagal, onde aguardava as vítimas passarem na estrada para abordá-las e praticar sexo forçado com as mesmas.

A Polícia Civil representou por sua internação e cumpriu ainda mandado de busca domiciliar na residência do menor infrator, onde foi encontrando ainda uma arma de fogo artesanal. Os policiais em conversa com as irmãs, constataram que uma delas confirmou ter sido abusada por ele.

As irmãs menores do conduzido foram encaminhadas ao Conselho Tutelar, enquanto o representado está aguardando transferência para o Centro Socioeducativo de Internação Provisória Canaã.

Mais um Navio fica de quarentena na orla de São Luís

O navio navio ‘MV Pipit Arrow’, que está ancorado na área de fundeio da Baía de São Marcos, em São Luís, está cumprindo quarentena por determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A medida foi adotada após um dos tripulantes do navio, que tem bandeira do Panamá, testar positivo para a Covid. A embarcação saiu da Bahia e chegou a São Luís em 19 de julho. Após a notificação suspeita do caso, a Anvisa determinou o isolamento do tripulante e a embarcação foi colocada em quarentena. O nome e a nacionalidade do homem não foi identificada. Até o momento, não foi confirmado se o tripulante foi infectado com algum tipo de variante do novo coronavírus. No mês de maio, o navio “MV SHANDONG DA ZHI”, que também estava ancorado na Baía de São Marcos, foi colocado em quarentena devido ao fato de três dos seus tripulantes terem testado positivo para infecção. Um destes tripulantes acabou falecendo em um hospital participar da capital.

Com informações do G1 Maranhão

Após duas horas de live Bolsonaro não consegue provar sua teoria de fraudes eleitorais

Bolsonaro convocou veículos de imprensa e usou a emissora pública de televisão para uma transmissão em tempo real na qual, segundo anunciou, seriam mostradas “provas” das fraudes.

A transmissão se estendeu por mais de duas horas e Bolsonaro tratou de diversos temas não relacionados às eleições. Em vez de provas, no entanto, o presidente apresentou uma série de notícias inverídicas e vídeos que já foram desmentidos diversas vezes por órgãos oficiais.

Ao longo de toda a transmissão, Bolsonaro esteve ao lado de um “especialista” apresentado por ele apenas como “Eduardo, analista de inteligência”. Questionada inicialmente, a Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom) disse não ter a identificação completa do homem.

Ao fim da “live”, o governo informou tratar-se de Eduardo Gomes da Silva, coronel do Exército e ex-assessor especial do ministro Luiz Eduardo Ramos na Casa Civil. Segundo Bolsonaro, o coronel hoje trabalha justamente na Secretaria de Comunicação.

O currículo divulgado pelo Planalto não informa qualquer especialização na área de programação ou segurança da informação.

Policia identifica vigilante que agrediu mulher dentro do supermercado Mateus

A delegacia da Mulher, comandada pela delgada,Kazumi Tanaka, continua investigando o caso da mulher que foi agredida dentro do supermercado Mateus do Aracagy, o blog recebeu a informação de que na tarde desta quinta-feira,29, a polícia identificou um dos agressores.  Trata-se de um vigilante da empresa Clasi, cuja o proprietário é  Pedro Ricardo Aquino da Silva.

A vítima relatou detalhes da agressão na delegacia e já tinha apontado três pessoas como seus agressores; uma mulher e dois homens, sendo dois deles funcionários e um vigilante tercerizado.

No momento que foi agredida, Jackeline contou, também na delegacia, que um dos três agressores desligou a câmera de segura da sala onde tudo aconteceu.

A vitima disse que tudo começou quando ela foi ao supermercado para comprar comida, mas acabou saindo sem nada porque tinha esquecido o cartão de crédito. Foi então que o segurança do Mateus a agarrou pelo braço, já na região do estacionamento, e a levou para dentro de uma ‘Sala de Prevenção de Perdas’, onde iniciaram as agressões.

Na denúncia, Jacqueline declarou que na sala, os funcionários disseram que ela era membro de uma quadrilha que rouba produtos de supermercados e que por não encontrarem nada em sua bolsa, tentaram forjar um furto, no intuito de acusa-la.
Jackeline diz ser mãe de família e trabalhadora e que nunca foi tão humilhada.

O Blog ainda não sabe se foi feito algum pedido de prisão ou se o vigilante se apresentou na delegacia para esclarecimentos. O Blog do Belfort aguarda mais informações e um posicionamento da empresa de vigilância Clasi.

Metendo o dedo na gestão: Irmão de Eduardo Braide pode ser motivo da saída de Flávio Olímpio

Uns mais, outros menos, aliados do prefeito Eduardo Braide (Podemos) começam a reclamar nos bastidores de suposta ingerência de Fernando Salim Braide, irmão do gestor do município, na Prefeitura de São Luís.

Segundo eles, Fernando é o responsável pela saída do contador e advogado Flávio Olímpio da Secretaria Municipal de Administração, a SEMAD, anunciada nessa quarta-feira (28).

Mesmo sem cargo público no município, dizem, Fernando Braide tem forte influência em todas as pastas para decidir quem entra, fica e sai da gestão. Ele é presidente do PMN no Maranhão, antigo partido do prefeito de São Luís.

Também estariam na mira do irmão de Eduardo Braide os secretários municipais José Azzolini (Fazenda) e Cláudio Ribeiro (Trânsito e Transportes).

Ainda segundo reclamam aliados, Antônio Carlos Salim Braide, outro irmão de Eduardo Braide sem cargo público na prefeitura da capital, apesar de menor força, também teria poderes de mando e desmando no Palácio de La Ravardière, mas em casos relacionados a contratos públicos.

Nada antirrepublicano, garantem, mas que estaria começando a atrapalhar a gestão.

Do blog Atual 7

Prefeito de São José de Ribamar perde a paciência e mete processo na turma do Fake News

O prefeito de São José de Ribamar, Dr.Julinho(PL)não tá para brincadeira, cansado de ser alvo de fake News criadas pela oposição, o gestor resolveu meter processo em “todo mundo” que usa como desculpa o direito de liberdade de expressão, para criação de notícias falsas. Opinar sobre a verdade é um direito de todos, mas criar um “fuxico” e espalhar como verdade é no mínimo imoral e irresponsável; ação repudiada por qualquer veículo de comunicação que trata a informação com seriedade e prova aquilo que diz.

Na tarde de ontem, o prefeito deu entrada a mais uma ação criminal contra um blog da região metropolitana. A página publicou uma matéria com o tema ” Vaza lista que coloca sob suspeita de fraude seletivo da educação de Ribamar: veja nomes”, a matéria apresenta uma lista com nomes de algumas pessoas, que segundo o titular do Blog, estariam com aprovação garantida no seletivo da Secretaria de Educação, na base do QI (Quem indique).

Apesar da lista ter sido publicada, a matéria não mostra fontes que provem a acusação, que gerou confusão entre os inscritos no seletivo que acabaram se deixando manipular pelo “achismo” do dono da matéria.

O autor do processo pede que o  titular do Blog prove em 48h todas as acusações e publique uma retratação. Caso condenado o blog também estará sujeito a multa. Veja os questionamentos feitos na ação:

O blog é acusado de calúnia, um crime contra a honra, que, além de multa, pode significar a prisão do autor. 

Calúnia

É o ato de acusar uma pessoa de um crime sem qu haja provas de que ela realmente cometeu a infração. Do mesmo modo, agir de má fé, ou seja, inventar uma mentira sobre um crime para prejudicar alguém também é entendido como ação caluniosa.