Imagem de presidente da Agerp com Lula, traz boas lembranças de quando a agricultura familiar era valorizada no Brasil

“De mãos Dadas e olhando para o futuro. Lula é hoje, de novo, a melhor opção para o Brasil”.

A frase dita pelo presidente da Agência de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural, Júlio Mendonça, resume bem o sentimento do povo Maranhense, que em sua grande maioria encherga o ex-presidente,Luiz Inácio Lula da Silva, como a força capaz de unir os brasileiros e liderar a reconstrução do país. 

A presença do presidente da Agerp, no tão disputado jantar de ontem, 19 de Agosto, no Palácio dos Leões, chamou atenção porque a sua imagem atrelada as causas rurais nos faz lembrar e refletir em como o Brasil, com Lula na presidência,foi capaz e pode novamente vencer a fome. Afinal, parte da ampla política de proteção social do governo Lula, foi justamente a valorização da agricultura familiar, responsável pela produção da maior parte dos alimentos que vão para a mesa do brasileiro.

Para se ter uma ideia de como os produtores rurais foram abandonados por Bolsonaro, basta olhar para os números do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Enquanto em 2012 foram investidos R$ 587 milhões no PAA, gerando a compra de mais de 297 mil toneladas de alimentos para combater a fome, em 2019, primeiro ano de desgoverno Bolsonaro, esses números caíram para R$ 41,3 milhões e 14 mil toneladas.

Em algumas redes sociais ,Júlio Mendonça, disparou um texto falando sobre como Lula conseguiu diminuir  a injustiça social

Veja o texto

Ontem estive no Palácio dos Leões, durante um jantar, com o governador Flávio Dino, colegas secretários, deputados e com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que veio ao Maranhão cumprir agenda política. Aproveitei a oportunidade para reinterar meu apoio ao ex- presidente Lula, por projetar um país melhor e por acreditar que esse é o melhor caminho para o desenvolvimento do Maranhão.

Na minha avaliação, não existe nada mais antiético em um país do que a injustiça social. Qual o governo que sempre tomou medidas e adotou práticas, programas que façam com que a injustiça social diminua? Falo com convicção que foi o Lula. Esse sim é o divisor de águas da ética. Combater a corrupção é obrigação.

Estarei trilhando no caminho certo. Juntos somos fortes. #Abaixadavemforte

*Júlio Mendonça- Presidente da Agência de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural.*

Adolescente que atropelou e matou três pessoas na Cajazeiras será internada a pedido do MP

Deivid Pacheco, de 13 anos; Maria Raimunda de Sousa, de 57 anos e João Victor de Sousa, de 15 anos, foram atropelados enquanto aguardavam um ônibus após a saída de uma igreja
O Ministério Público do Maranhão (MP-MA) pediu a internação, por mais 45 dias, da adolescente de 17 anos que atropelou e matou três pessoas na Avenida Cajazeiras, em São Luís, no último sábado (14). A jovem foi denunciada por ato infracional e o caso será julgado pela Vara da Infância e Juventude de São Luís.
De acordo com o Ministério Público, somente após uma nova audiência, é que será definido se a jovem vai continuar apreendida ou responderá ao processo em liberdade. A adolescente continua apreendida no Centro Integrado de Justiça Juvenil, em São Luís.
“Dentro dos próximos 45 dias, que é o prazo máximo da internação provisória, este procedimento possa chegar ao bom termo, ao seu fim, com a audiência de instrução de julgamento, quando o Ministério Público pretende informar a responsabilização dessa adolescente que praticou ato fatidíco”, explicou Luiz Gongaza Martins, promotor de justiça.

O MP também pediu a separação do processo criminal da adolescente e de Antônio Maria dos Reis, militar reformado e dono do veículo que a jovem dirigia. A intenção, segundo o órgão, é que ele responda em outro processo pelo crime.
“No que é do âmbito da adolescente, o processo fica na esfera do Centro Integrado na Vara da Infância e da Juventude, já em relação ao maior, o processo seguirá a justiça comum”, disse o promotor de justiça.

Segundo o MP, foi feito um pedido à Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) para que outras pessoas fossem ouvidas no inquérito que investiga o caso.

A jovem de 17 anos foi autuada pelo ato infracional de homicídio culposo na direção de veículo automotor, que consta no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), com agravante pelo fato de não ter habilitação. Antônio Maria também foi autuado por ter entregue a chave para uma menor não habilitada.

Pacheco, Lira e Nogueira dizem a Bolsonaro o que ele não quer ouvir

Rodrigo Pacheco (DEM-MG), presidente do Senado, Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados e Ciro Nogueira (PP-PI), chefe da Casa Civil da presidência da República, disseram a Jair Bolsonaro nas últimas 48 horas que sua situação está ficando cada vez mais difícil dentro e fora do Congresso.

E que a continuar assim ou até piorar, ficará complicado para eles ajudar o governo como gostariam e se dispuseram a fazer até agora. Um deles citou a mais recente pesquisa de opinião XP-Ipespe divulgada ontem. Ela mostra que Bolsonaro seria derrotado no segundo turno por qualquer um dos nomes testados.

Perderia não só para Lula (PT) como também para Ciro Gomes (PDT), Sérgio Moro, Luiz Henrique Mandetta (DEM), João Doria (PSDB) e até Eduardo Leite (PSDB), governador do Rio Grande do Sul, um ilustre desconhecido fora do seu Estado. 61% dos brasileiros dizem que jamais votariam em Bolsonaro.

A pesquisa trouxe outros dados que deveriam preocupar Bolsonaro como preocupam seus aliados. A avaliação positiva do seu governo segue em queda. A vacinação em massa aumentou a avaliação positiva dos governadores (de 36% para 43%) e dos prefeitos (de 45% para 55%), mas diminuiu a dele (de 22% para 21%).

Presidente da Agerp lamenta morte de Manoel da Conceição, um dos grandes nomes da agricultura no MA

Morreu na manhã de hoje, 17 de Agosto, o líder camponês da cidade de Imperatriz, Manoel da Conceição. A morte deste grande representante dos Trabalhadores rurais, foi lamentada por diversas autoridades do Maranhão e do País.

Para o presidente da Agência de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural, Júlio Mendonça, que também é envolvido diretamente com classe rural, a morte de Manoel encerra uma vida de lutas em vários âmbitos, o principal deles na defesa de um Maranhão mais igualitário.

” Lamento profundamente a morte do amigo Manoel, tenho gratidão pelo legado único que nos deixa essa árvore frondosa, cuja luta pelo amor à terra prevaleceu. A luta passa a ser nossa daqui em diante, uma luta pela vida do solo, por uma agricultura respeitosa, por uma educação que se volte mais ao campo, por um estado mais inclusivo em defesa do Cerrado e suas múltiplas relações. Que Deus conforte os familiares e que Manoel continue nos ajudando de onde quer que esteja”, disse o presidente.

Trajetória de vida

Manoel nasceu no dia 24 de julho de 1935, em um povoado chamado Pedra Grande, que pertencia ao Município de Coroatá. Manoel tem uma história de vida incrível e sofredora, ajudou a criar o primeiro sindicato de trabalhadores rurais do Estado do Maranhão, fundado em 18 de agosto de 1963, em Pindaré-Mirim, do qual seria o primeiro presidente. Em pouco tempo, o sindicato chegou a aglutinar cerca de quatro mil trabalhadores rurais.

Em  nome desse sindicato após o golpe, o Exército ocupou a sede da entidade por 60 dias,  Manoel foi baleado e preso, por não receber tratamento médico acabou tendo a perna amputada. Mesmo sem uma das pernas, o guerreiro continuou sua trajetória, chegou a ser preso outras vezes, mas nunca desistiu de lutar pela classe. A partir do início da década de 1990, ajudou a criar: o Centro Nacional de Apoio às Populações Tradicionais (CNPT);a Reserva Extrativista do Ciriaco; a Rede Frutos do Cerrado em vários municípios do Maranhão; iversas cooperativas de pequenos produtores rurais no sul do Maranhão;a União Nacional de Cooperativas da Agricultura Familiar de Economia Solidária (Unicafes);e a Central de Cooperativas do Maranhão.

Polícia Civil do DF abre inquérito contra Sergio Reis por ameaças

A Polícia Civil do Distrito Federal abriu um inquérito para apurar ameaças a ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) feitas pelo cantor Sergio Reis e outras pessoas em áudios que circularam nas redes sociais no último fim de semana.

Nas gravações, Sergio Reis diz que os caminhoneiros vão parar o país em setembro se o Senado não retirar alguns dos ministros do STF. “Se em 30 dias não tirarem aqueles caras nós vamos invadir, quebrar tudo e tirar os caras na marra. Pronto. É assim que vai ser. E a coisa tá séria”, declara o artista.

Em um vídeo, Sergio Reis, ao lado de supostos caminhoneiros, reforça as ameaças: “Vocês [senadores] têm 72 horas para aprovar o voto impresso e tirar todos os ministros do Supremo Tribunal Federal. Não é um pedido, é uma ordem. É assim que eu vou falar com o presidente do Senado. Isso é uma ordem.”

Os responsáveis pelas ameaças devem ser ouvidos pela polícia no próximos dias e podem responder pelos crimes previstos nos artigos 147, 163 e 262 do Código Penal, que são, respectivamente, ameaçar alguém, destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia e expor a perigo outro meio de transporte público, impedir-lhe ou dificultar-lhe o funcionamento

Lula deve desembarcar no Maranhão nesta quarta-feira

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve chegar ao Maranhão, amanhã,18 de Agosto. Lula deve cumprir intensa agenda com aliados políticos, incluindo a ex-governadora Roseana Sarney, já de olho na eleições 2022.

O Governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), deve recepcionar o ex-presidente e quem sabe apresentar seu sucessor. Assim descendo de uma vez por todas de cima do muro.

Um outro assunto que pode ser tratado; é sobre a possibilidade de Dino ser vice de Lula. Vamos aguardar !

Lula passou 580 dias preso e essa é a primeira vez que vem ao Maranhão após ganhar a liberdade.

Prefeita de Bom Jardim superfatura contratos e gasta milhões com empresa de informática

A prefeita de Bom Jardim, Cristiane Varão tem investido bastante na área de informática, tanto que chegou a superfaturar contratos. Dados do Tribunal de Contas do Estado (TCE) mostram o que a prefeitura investiu na empresa Tania Maria M Prazeres Comercio Eireli nada mais, nada menos que R$ 1.396.742,94.

Em um contrato assinado no último dia 13 de julho, a gestão de Cristine Varão, pagou cerca de R$18.557,89 só em HDs externo de capacidade de 1 TB. Pense em um HD caro, cada 1 saiu por  R$ 720,00, um preço muito acima do mercado.

A prefeitura gastou R$ 82.909,97 em 13 notebooks de configuração básica, cada uma saindo ao valor de R$ 6.377,69. Por esse preço, daria para comprar máquinas muito mais modernas.

Além dos preços superfaturados, o contrato apresenta diversas falhas na questão do produto fornecido e marca dos itens apresentados, nada bate. A exemplo dos 13 tablets adquiridos pela prefeitura, na descrição apresenta a configuração de um tablet da Samsung, mas na marca aparece Goldentec, o certo que cada tablet que tem péssimo desempenhos aparecem ao valor de R$ 2.707,54 cada unidade, saindo o valor total a R$ 35.198,02 pagos pelos 13 produtos.

Em outra parte do contrato, a prefeitura pagou cerca de R$ 294 mil por 210 tablets, tem com os preços acima da média. R$ 219 mil, esse foi o preço pago pela aquisição de cabos de redes para o município.

De acordo com dados da Receita Federal, a empresa que fica localizada no município de Vitória do Mearim, apresenta como sua principal atividade o comércio varejista de móveis. A empresa possui 21 contratos com a prefeitura de Bom Jardim, que vão desde o fornecimento de peças de informática a material de higiene, totalizando assim, R$ 4.621.178,08 faturados no município.

Informações Folha do MA

Vai doer no bolso: blogueiro da grande ilha coleciona processos de São José de Ribamar

Respondendo aos bombardeios equivocados de um blogueiro da grande ilha, o prefeito de São José de Ribamar, Dr. Julinho, resolveu revidar e com sangue nos olhos. Meus amigos, o homem tranquilo e de fala mansa chutou o pau da barraca, meteu a mão na mesa e disse que não vai mais tolerar FAKE NEWS com seu nome e de familiares.

Julinho começou a revidar todo tiro errado que vem em sua direção, tá saindo processo por cima de processo, todo dia uma bomba cai em cima do dito cujo. Agora a coisa ficou ainda mais séria porque além do prefeito, o blogueiro vai ter que encarar também os processos de iniciativa da primeira-dama, Gilvana Dualibe e do vice-prefeito Junior Lago.

Dessa vez o blog em questão acusou, mais uma vez sem provas, a primeira-dama e o vice prefeito de furarem a fila de vacinação contra Covid-19, o que rendeu mais uma ação criminal por calúnia e difamação para sua coleção.

Na ação, os interpelantes pedem que o blogueiro responda às seguintes questões no prazo de 48h sujeito a multa

O ditado popular diz que “chumbo trocado não dói”, mas se continuar desse jeito, o colega vai trabalhar só para pagar indenização, isso se não acabar preso. Porque segundo informações de fontes ribamarenses, Julinho tá pronto para briga, armado judicialmente até os dentes e vai até o fim nessa guerra.

Mas falando bem sério agora, o ambiente virtual tem uma série de leis que guiam e protegem a convivência na internet. Assim como na vida longe das telas, comportamentos inadequados podem resultar em punições que vão desde o pagamento de uma multa até a prisão do autor de ofensas e ataques.

A gente pode brincar, usar da liberdade de expressão, noticiar, mas espalhar mentiras não é papel para um comunicador e não precisa nem ser jornalista para ter essa consciência.

Júlio Mendonça projeta um Maranhão onde desenvolvimento econômico e sustentabilidade possam caminhar juntos

Apesar de ser amigo de infância do Governador Flávio Dino, o presidente da Agência de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão (Agerp), Júlio Mendonça, tem popularidade forte e independente dentro da Baixada Maranhense, inclusive como um nome de peso na decisão das eleições de 2021, onde ajudou a eleger Carrinho Cidreira como prefeito de Viana.

Com uma vida ligada à Agricultura Familiar, Mendonça vem empunhando a bandeira de quem coloca, verdadeiramente, o alimento na mesa das pessoas e vem apresentando a visão de um rural diferente, sustentável e diversificado para o Maranhão.

Ao visitar a cidade de Sucupira do Norte, o presidente da Agerp conheceu uma horta de morangos e uvas; de imediato apresentou políticas importantes para o desenvolvimento da fruticultura da região, mostrando experiência, conhecimento técnico e enxergando essa cadeia como alternativa para à agricultura familiar Maranhense.

Para o gestor, esse é um Maranhão diferente e novo, no ponto de vista rural, mas que é possível com incentivo. “Dentro dessa perspectiva do que é possível conatruir no Maranhão, acredito em boas propostas para o desenvolvimento rural sustentável, incluído o extrativismo e o Agronegócio. É certo que o desenvolvimento econômico e a conservação de biomas naturais podem caminhar na mesma direção”.

Júlio Mendonça pode abrir um novo leque, as frutas podem ser fonte de renda para a agricultura familiar, porque  ao contrário da plantação de grãos, não é necessária uma grande produção para a geração de lucros. Além disso, o investimento nesse mercado permite que, além da venda direta da fruta, produtos secundários sejam gerados, como a polpa por exemplo.

Deputado Estadual e promotor de justiça do Maranhão quase vão aos tapas durante discussão

O Deputado Estadual Yglesio Moisés, quase vai aos tapas com o promotor de justiça Cláudio Guimarães, que ficou conhecido por fechar muitas casas de eventos. Dessa vez o promotor fechou foi a praia, mas para benefício próprio.

Dono de uma escola de kitesurf, o promotor teria bloqueado ruas e cercado um trecho da praia para favorecer seu negócio. Cansados do “abuso de poder” moradores procuraram a assembleia legislativa e o polêmico Deputado foi lá ver de perto a “arrumação”. A vistoria acabou em bate-boca, ameaças e empurrões.

Veja no vídeo publicado nas redes sociais do Deputado.