Ministro envia à Câmara queixa-crime de Dino contra Bolsonaro por calúnia…

O ministro Marco Aurélio Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), decidiu enviar à Câmara dos Deputados uma queixa-crime apresentada pelo governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Dino acusa Bolsonaro de calúnia por dizer que o governador negou um pedido para que a Polícia Militar fizesse a segurança do presidente durante visita ao estado, no ano passado.

A declaração de Bolsonaro foi feita em 21 de outubro, em entrevista à rádio Jovem Pan. Na ocasião, o presidente disse ter desistido de uma viagem que faria à cidade de Balsas para participar de um suposto evento evangélico porque o governo do Maranhão “resolveu não ceder a Policia Militar para fazer a segurança mais aberta”

No mesmo dia, Dino negou a acusação, que chamou de “fantasiosa versão”.

“Alguns irresponsáveis estão mentindo à população de Balsas sobre o cancelamento de uma suposta visita de Bolsonaro à cidade. Não houve nenhuma negativa de segurança a ele”, escreveu o governador em uma rede social….

UOL…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *