PM que matou ex mulher e namorado é reintegrado ao quadro da Polícia Militar do Maranhão

O soldado Carlos Eduardo Nunes Pereira, de 31 anos, que matou a tiros a ex esposa Bruna Lícia Fonseca Pereira e o José Willian dos Santos Silva, no dia 25 de janeiro do ano passado, foi  reintegrado ao quadro de Praça da Polícia Militar do Maranhão  pelo secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, como consta em publicação no Diário Oficial do Estado do dia 15 de junho.

Na publicação, o secretário diz cumprir uma decisão judicial que anula o Ato de Exclusão. Confira abaixo:

Bruna Lícia e José Willian tinham um relacionamento amoroso e foram flagrados por Carlos Eduardo no apartamento do casal no Condomínio Pacífico I, no bairro Vicente Fialho, em São Luís, no dia do crime. Eles foram mortos com vários disparos de arma de fogo desferidos pelo PM que chegava em casa do trabalho e encontrou os dois na cama.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *