Presidente da câmara de vereadores de Pindaré pode ser cassado a qualquer momento

Após o Ministério Público notificar o vereador e presidente da Câmara do município de Pindaré Mirim, Antônio de Cabeça Branca, para explicar a admissão da própria irmã para um cargo administrativo na Casa, além de várias outras irregularidades que teriam sido constatadas por parlamentares, um possível pedido de afastamento do edil já é uma realidade.

O clima é de expectativa pois há rumores de cassação de Cabeça Branca, e não só afastamento.

Mesmo já tendo demitido a irmã Arlene Martins Lopes do cargo até então ocupado por ele na Câmara de vereadores, Antônio passa por um momento de sérias dificuldades em sua administração e em constante monitoramento dos principais órgãos públicos  fiscalizadores da cidade.

É aguardar para conferir os próximos capítulos dessa novela administrativa…

Do blog do Minard

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *