Desesperados, Léo Costa e Amílcar se juntam em Barreirinhas

Foto Reprodução

Barreirinhas, cidade que já foi palco de promessas não cumpridas e gestões desastrosas, vive um novo capítulo de seu conturbado cenário político com a realização do “1º Encontro Barreirinhas Unida”, marcado para o próximo domingo, 21. Este evento promete ser um divisor de águas para a eleição municipal.

Léo Costa (Rede), o ex-prefeito que aparece em segundo lugar na mais recente pesquisa de intenções de voto com 24,9%, e Amílcar Rocha (PCdoB), o atual chefe do Executivo municipal que amarga a terceira posição com 14,9%, estarão juntos no encontro para discutir uma possível aliança. Durante o evento, a dupla do “Atraso & Incompetência” anunciará a realização de uma nova pesquisa para definir qual dos dois será o candidato apoiado pelo outro.

A decisão de ambos os candidatos de participar deste evento conjunto reflete uma tentativa desesperada de reagir ao avanço expressivo de Vinícius Vale (MDB), que lidera com ampla vantagem. A pesquisa divulgada pelo Imirante e pela Rádio Mirante, conduzida pelo Instituto Prever, revelou a sólida posição de Vale no topo das intenções de voto.

A situação reflete claramente o desgaste e a frustração acumulados com as gestões anteriores e atual. A administração de Amílcar Rocha tem sido marcada por uma série de falhas que minaram a confiança pública, enquanto a gestão de Léo Costa passou mais tempo “enfrentando” órgãos de controle devido a irregularidades na administração pública do que lidando com os reais problemas da cidade.

Agora, ambos se veem forçados a considerar uma aliança estratégica para enfrentar a crescente popularidade de Vinícius Vale, que, ao contrário de suas gestões passadas e atuais, representa uma possível alternativa para o futuro de Barreirinhas.

Será que vai dá match?

Blog do Minard

Herlon Júnior será candidato a vice na disputa pela Prefeitura de Urbano Santos

Foto Reprodução

A presidente da Alema, deputada Iracema Vale, anunciou com entusiasmo a escolha de Herlon Júnior (MDB) como pré-candidato a vice-prefeito, durante um café da manhã para discutir ideias e projetos para Urbano Santos. Herlon Júnior irá compor a chapa ao lado do atual prefeito Clemilton Barros..

“Hoje teve café da manhã discutindo ideias e projetos pra melhorar ainda mais a nossa Urbano Santos! Acolhi com alegria a escolha do nome Herlon Júnior (MDB) pelo nosso grupo político como pré-candidato a vice-prefeito na chapa ao lado do nosso prefeito Clemilton Barros”, escreveu Iracema Vale em suas redes sociais, destacando a união e o compromisso do grupo político em prol do desenvolvimento local.

A convenção municipal que oficializará a chapa está marcada para o dia 2 de agosto, às 16h. “Esperamos todos vocês lá!”, concluiu a deputada em sua postagem, convidando a população a participar do evento que definirá os rumos políticos de Urbano Santos.

Com essa movimentação, Iracema Vale fortalece seu papel de liderança e demonstra o alinhamento estratégico de seu grupo político para as próximas eleições municipais.

Eliziane Gama deixa Senado e assume secretaria no governo do Maranhão

Foto Reprodução

Nesta terça-feira (16), a senadora Eliziane Gama (PSD-MA) anunciou seu afastamento do cargo no Congresso para assumir a Secretaria de Estado da Juventude do Maranhão, sob o governo de Carlos Brandão (PSB). O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), comunicou a decisão de Gama no plenário.

Com a saída de Gama, a cadeira no Senado será ocupada pelo 2º suplente, Dr. Bene Camacho (PSD-MA), médico cardiologista, que agora terá a responsabilidade de representar o estado do Maranhão no Legislativo Federal. O primeiro suplente, Pedro Fernandes, escolheu continuar como prefeito de Arame, onde busca reeleição.

A transição de Eliziane para o governo estadual marca uma nova etapa sem previsão de retorno.

Brandão sanciona lei que cria corregedoria para regular serviços dos cartórios do MA

Foto Reprodução

O governador Carlos Brandão sancionou na segunda-feira (25) a lei que cria a Corregedoria do Serviço Extrajudicial, órgão de planejamento, controle, orientação e supervisão dos serviços notariais e de registros do Maranhão, também conhecidos como serventias extrajudiciais – ou simplesmente ‘cartórios’. O ato de assinatura foi realizado no Palácio dos Leões, em São Luís, na presença do presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão (TJ-MA), José de Ribamar Froz Sobrinho, e de representantes de cartórios em atividade no estado.

Com a criação da Corregedoria Extrajudicial, o Maranhão passa a ser o terceiro estado do Brasil a possuir um sistema de controle estadual dos serviços extrajudiciais. Apenas Piauí e Santa Catarina já possuem uma estrutura semelhante para controle dos serviços notariais e de registros.

A criação da Corregedoria do Serviço Extrajudicial visa garantir estrutura exclusiva para o monitoramento e controle das atividades dos serviços executados pelas 285 serventias extrajudiciais (cartórios) da capital e do interior do estado.

Para o governador Carlos Brandão, a criação da Corregedoria Extrajudicial vai garantir maior eficiência nos serviços prestados pelos cartórios que atuam no Maranhão. “Este ato é muito importante. É o momento em que a gente cria uma corregedoria específica para cuidar apenas dos cartórios. Isso vai dar um dinamismo muito grande. Até hoje os cartórios não sabiam a quem se dirigir, não tinham uma estrutura própria. A partir de agora nasce uma corregedoria que vai cuidar especificamente dos problemas dos cartórios”, informou o governador.

Melhoria nos serviços

Antes da criação de corregedoria específica, as atribuições de controle e monitoramento dos cartórios extrajudiciais do Maranhão funcionavam cumulativamente com as atividades da área judicial pela Corregedoria Geral da Justiça (CGJ/MA), por meio da Coordenadoria das Serventias Extrajudiciais. O presidente do TJ-MA, Froz Sobrinho, avalia que o novo órgão de controle vai garantir melhorias na prestação dos serviços notariais e de registro, beneficiando diretamente a população que utiliza os serviços prestados pelos cartórios.

“Isso é um facilitador administrativo, um avanço administrativo. Agora apenas três estados do Brasil têm essa estrutura, isso vai resultar em um avanço na arrecadação, na melhoria do serviço, na segurança que o cidadão vai ter na expedição dos seus documentos. É um controle maior da corregedoria e vai ficar mais próximo do cidadão”, pontuou o magistrado.

Com o novo órgão de controle dos serviços extrajudiciais haverá possibilidade de ampliação do acesso do cidadão a documentos como o registro de imóveis, registro de títulos e o registro civil de pessoas naturais, facilitando, por exemplo, o processo de erradicação do sub-registro civil, como explica Froz Sobrinho.

“A gente amplia a nossa possibilidade de entrega dessa documentação ao cidadão mais carente na certidão de nascimento, no combate ao sub-registro, na questão da regularização fundiária, na questão das notas e dos contratos, assegurando os negócios que são feitos em todo o Maranhão”, ressaltou.

A Corregedoria Extrajudicial atuará como cogestora dos serviços desempenhados por cartórios situados no Maranhão. O corregedor extrajudicial vai gerir o cartório em conjunto com todos os delegatários do serviço notarial e de registros, serviço público prestado pela iniciativa privada, por meio de concurso público.

Lucas Semeghini, representante dos cartórios, avalia que a medida representa um avanço na execução das serventias extrajudiciais no estado. “Com essa assinatura, com um corregedor exclusivo para serventias extrajudiciais, que será o nosso corregedor extrajudicial, conseguiremos trabalhar de forma correta, unindo forças com o Tribunal de Justiça, com o Estado, com os municípios e com todas as serventias extrajudiciais do estado do Maranhão”.

CENTRO DO GUILHERME: Auricélio dispara com 70% na disputa de prefeito da cidade

Auricélio, pré-candidato em Centro do Guilherme

Uma pesquisa de intenção de votos, realizada pelo instituto INOP Previsão, contratada pela empresa Minard Comunicação e Marketing Ltda., no município de Centro do Guilherme confirma liderança do pré-candidato Auricélio rumo a prefeitura.

Com resultado divulgado nesta quarta-feira, 19, o levantamento foi registrado junto à Justiça Eleitoral sob protocolo MA-07760/2024 e ouviu 506 moradores da cidade entre os dias 4 e 7 de junho.

Em todos os cenários, o ex-prefeito do município de Maranhãozinho e pré-candidato a prefeito de Centro do Guilherme, Auricélio lidera com larga vantagem sobre o segundo colocado.

Na estimulada, quando perguntado ao eleitor se votaria em Auricélio ou Zé do Posto, 70,16% respondeu o nome do ex-gestor que dispara com uma vantagem de mais de 44 pontos percentuais diante do segundo colocado, Zé do Posto. Somente 0,99% dos eleitores não votaria em nenhum dos dois.

Foto Divulgação

Na espontânea, a diferença se torna ainda maior entre os dois pré-candidatos. Auricélio. Alcança a marca de 74,90% das intenções de votos enquanto Zé do Posto obtém apenas 18,97%. Não souberam responder ou não opinaram 6,13% dos entrevistados.

Foto Divulgação

Quando perguntado aos entrevistados qual é a maior liderança política do município de Centro do Guilherme atualmente, 67% respondeu Josimar de Maranhãozinho, deputado federal, 11,46% citou o atual prefeito Zé Dário, 9, 68% escolheu a deputada federal e ex-prefeita Detinha, 8,10% citou Zé do Posto, 2,77% Auricélio, 0,20% Luís do Sindicato e 0,79% não sabe ou não opinou.

Foto Divulgação

A pesquisa tem margem de erro máxima de 3,78% para mais ou para menos e um nível de confiança de 95%. Logo, afirma-se que, com 95% de certeza, os valores estimados distam no máximo 3,78 pontos percentuais dos valores reais.

Do Blog do Minard

Iracema Vale é homenageada com Medalha Liberdade e profere palestra sobre presença feminina em espaços de poder

Foto Reprodução

A presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputada Iracema Vale (PSB), foi agraciada com a Medalha Liberdade, maior comenda da Defensoria Pública do Estado do Maranhão (DPE). A solenidade ocorreu nesta sexta-feira (17), no encerramento da programação da Conferência Estadual da Defensoria Pública do Maranhão. Na ocasião, a parlamentar proferiu a palestra magna com o tema “Sub-representação feminina em espaços públicos e caminhos para superação”.

“Estou muito feliz, honrada, emocionada e grata por receber a Medalha Liberdade da Defensoria Pública do Maranhão, o que também me deixa muito mais compromissada com as causas deste órgão, que são as causas daqueles que mais precisam de justiça social”, destacou Iracema Vale.

Antes da solenidade, ao lado do defensor público-geral do Estado do Maranhão, Gabriel Santana Furtado Soares, e do procurador-geral de Justiça, Eduardo Nicolau, que também recebeu a Medalha Liberdade, a parlamentar recebeu o anúncio de que serão instalados dois novos núcleos da DPE, sendo um em Urbano Santos e outro no município de Mirinzal.

O defensor público-geral do Estado do Maranhão, Gabriel Santana Furtado Soares, explicou a relação da Defensoria Pública com a presidência da Assembleia Legislativa do Maranhão. “Na Conferência Estadual, a Defensoria homenageia com a Medalha Liberdade personalidades que, nos últimos 12 meses, contribuíram com a DPE, e a presidente Iracema Vale foi uma das que mais contribuiu para que a Defensoria de interiorizasse e conseguisse expandir seus serviços, atendendo mais pessoas”, destacou Gabriel Furtado.

Palestra

Em sua palestra, Iracema Vale, primeira mulher a presidir a Casa do Povo em seus 189 anos de existência, abordou aspectos de sua gestão à frente da Alema, em especial a abertura de espaços de poder, hoje ocupados por mulheres.

“Como primeira presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, minha gestão está focada na igualdade de gênero e, neste quesito, além de termos aprovado leis que visam ao reconhecimento feminino, demonstramos isso com ações no Parlamento”, ressaltou Iracema Vale, destacando que, atualmente, na Assembleia, mulheres ocupam 60% dos cargos de diretoria e outras posições de liderança e 90% do gabinete da presidência é comandado por mulheres.

A parlamentar apresentou, em números, suas ações para promover a igualdade de gênero, a exemplo da lei que extingue a cota de 10% para o efetivo fixado para policiais militares femininos, deixando livre o ingresso de mulheres na carreira militar no estado do Maranhão, por meio de concurso público.

Medalha

A Medalha Liberdade, honraria recebida pela deputada Iracema Vale, foi instituída pela DPE em 2023 e é conferida anualmente, por ocasião das comemorações do Dia Nacional da Defensoria Pública, celebrado dia 19 de maio.

A comenda é concedida a autoridades civis e militares, pessoas da sociedade civil, pessoas jurídicas, associações, movimentos sociais e demais formas de organizações populares que tenham contribuído de maneira excepcional para o engrandecimento da instituição ou atuado na causa dos vulneráveis.

A entrega da honraria e a palestra magna proferida pela deputada Iracema Vale encerram a programação da Conferência Estadual da Defensoria Pública do Maranhão, que ocorreu nesta sexta-feira (17), com discussões sobre vários temas relevantes, como raça e gênero no Sistema de Justiça, população LGBTQIAP+ e cidadania; mulheres e justiça penal, entre outros. Participaram do evento, convidados do Maranhão e dos estados de São Paulo, Bahia, Pará e Rio de Janeiro.

Porto Rico participa da 1ª Mostra do Turismo Maranhense e 2º Congresso da Famem

Foto Reprodução

Aconteceu nos dias 07 e 08 de maio, o 2º Congresso de Municipalidade Maranhense, organizado pela Federação dos Municípios do Estado do Maranhão , FAMEM. A novidade esse ano foi a 1ª Mostra do Turismo
Maranhense, que ocorreu paralela ao Congresso. Para compor essa Mostra, foram convidados todos os municípios que compõem o Polo Floresta dos Guarás, entre outros polos. O município de Porto Rico do Maranhão participou como membro do polo, levando produtos artesanais como bonecas , chapéu de boieiro, cachaça artesanal, tudo produzido na região porto-riquense.

Nos dois dias de evento, Porto Rico teve a oportunidade de mostrar um pouco de sua produção artesanal que foi exposta no stand do Polo Floresta dos Guarás, junto aos outros 9 municípios membros. Durante os dois dias de evento, nossa participação contou com a presença da primeira- dama do município, D. Jaqueline Luz, que representou brilhantemente o prefeito Aldo Brown, pois o mesmo não pôde se fazer presente devido a compromissos já agendados.

Foto Reprodução

Estiveram presentes representando Porto Rico, o secretário em exercício de Meio Ambiente e Turismo, Jefferson Magalhães e a coordenadora de Turismo, Turª Fernanda Carvalho, que receberam visitantes e autoridades que prestigiaram todo o conteúdo do stand.

“Esse convite para fazer parte da 1ª Mostra do Turismo Maranhense que está sendo realizada junto ao 2º Congresso de Municipalidade Maranhense, chegou em um momento crucial para promoção e desenvolvimento do turismo em Porto Rico, devido a novos projetos voltados ao turismo que visam tornar o município um membro do polo em evidência estratégica para o turismo e que possa ser reconhecido não só pelas suas belezas naturais, mas que se torne destaque no polo Floresta dos Guarás.”, ressaltou a coordenadora Fernanda Carvalho.

Na ocasião da Mostra, a consultora do SEBRAE, Roseane Maia, aproveitou a oportunidade para discutir a roteirização, ou seja, a criação de um roteiro personalizado turístico em Porto Rico que possa abranger suas belezas naturais. Recebemos também a visita da Secretária Estadual de Turismo, Socorro Araújo e toda sua equipe e também do presidente interino da FAMEM, Sr. Ivo Resende entre outros prefeitos da região do polo.

Maranhão implementa novos polos do Uemanet e expande Programa Ensinar para 28 municípios

Foto Reprodução

Para ampliar o acesso à educação superior pública no Maranhão, foram homologados nesta segunda-feira (6) acordos de cooperação técnica e acadêmica que garantem a implementação de novos polos do Núcleo de Tecnologias para Educação da Universidade Estadual do Maranhão (Uemanet) e a expansão do Programa de Formação de Professores da Uema (Programa Ensinar) para mais municípios maranhenses.

A cerimônia de homologação dos acordos de cooperação entre a Uema e as prefeituras municipais beneficiadas com a expansão do Programa Ensinar e com os novos polos do Uemanet foi realizada no Palácio Henrique de La Rocque, em São Luís, sob condução do vice-governador e secretário de Estado da Educação (Seduc), Felipe Camarão, representando o governador Carlos Brandão.

Camarão destacou o caráter municipalista da ação e os benefícios da ampliação do Programa Ensinar e do Uemanet. “Mais uma parceria com as prefeituras municipais. Formação para professores que vão lecionar nas redes municipais e na rede estadual, e até mesmo no ensino superior. Quem ganha com isso é a população maranhense. Mais um ‘gol de placa’ que mostra que esse é um governo municipalista e que tem como prerrogativa principal defender a educação pública de qualidade”, afirmou Felipe Camarão.

Com a homologação, a Uema passa a ofertar o Programa Ensinar para mais 28 cidades maranhenses, expandindo a formação de professores de 22 para 50 municípios. Já o Uemanet, que contava com cinco polos de Ensino à Distância, passa agora a dispor de mais nove polos.

“Nós estamos ampliando a oferta de cursos à distância da nossa universidade para mais 14 prefeituras. Em relação aos nossos programas de formação de professores, que é o nosso Programa Ensinar, nós já estamos em andamento com 22 acordos com prefeituras e estamos ampliando isso, por determinação do governador Carlos Brandão, para mais 28 municípios”, detalha o reitor da Uema, Walter Canales.

Programa Ensinar em mais cidades

Voltado para a formação de professores da educação básica, o Programa Ensinar passará a beneficiar educadores das cidades de Anajatuba, Anapurus, Araioses, Arari, Buriti, Cedral, Chapadinha, Governador Nunes Freire, Grajaú, Icatu, Loreto, Magalhães de Almeida, Mata Roma, Nova Olinda do Maranhão, Paraibano, Paulino Neves, Pirapemas, Presidente Dutra, Presidente Sarney, Santa Inês, Santa Luzia, Santa Luzia do Paruá, São Bernardo, Santa Quitéria do Maranhão, Santa Rita, Santana do Maranhão, São Mateus do Maranhão e Turiaçu.

Dos 28 novos polos do Programa Ensinar, 25 serão implantados em cidades onde a Uema ainda não possui campus físico, como é o caso do município de Cedral, no litoral ocidental maranhense.

“A gente quer agradecer ao nosso governador Brandão por ter olhado para o nosso município. No Programa Ensinar nós fomos contemplados com dois cursos, o curso de Biologia e o curso de Física. Isso é maravilhoso para todos nós. Nós precisávamos muito dessa oportunidade”, comemorou o prefeito de Cedral.

O Programa Ensinar atende mais de 3 mil alunos em 112 turmas, na formação de professores nas áreas das Ciências Biológicas, Ciências Sociais, Física, Geografia, História, Letras (em Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Literaturas), Matemática, Pedagogia e Química.

Novos polos Uemanet

Destinado para promover a educação em regiões afastadas dos centros urbanos – em consonância com os objetivos estabelecidos pelo Plano Nacional de Educação (Lei Nº 13.005/2014) – a implementação e funcionamento dos novos polos do Uemanet visam o aumento nas taxas de matrícula no ensino superior para 50% da população de 18 a 24 anos.

Passarão a contar com polos do Uemanet os municípios de Alto Alegre do Pindaré, Parnarama, Cantanhede, Pio XII, Nova Olinda do Maranhão, Presidente Sarney, São Domingos do Maranhão, Tuntum e Turiaçú.

O prefeito da cidade de Tuntum, Fernando Pessoa, participou da solenidade e elogiou o esforço estadual no processo de democratização do acesso à educação superior no Maranhão. “Isso irá contribuir com a educação de vários jovens tuntuenses, com a melhoria da educação do nosso município, e claro, levando cursos superiores, cursos técnicos a todos os jovens tuntuenses, sem a necessidade de sair da nossa cidade. Fico feliz com essa expansão que o governador Carlos Brandão está fazendo em todo o estado do Maranhão”, destacou o prefeito.

Ao longo de 25 anos, o Uemanet tem ofertado cursos na modalidade EaD, proporcionando acesso qualitativo à educação superior e capacitando profissionais em diversas áreas, incluindo licenciaturas, tecnólogos, bacharelado, especializações, cursos técnicos e cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC).

Vídeo: Professor do IFMA agride jovem, invade prédio, quebra portão e é preso

Ariel Tavares Pereira é professor do IFMA

Um verdadeiro surto que por muito pouco não terminou em uma tragédia na noite desta quarta-feira (24) no Edifício La Touche Residence, no bairro do Cohajap, em São Luís. O protagonista foi o professor de Historia do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Ariel Tavares Pereira.

Conforme apuração do Blog do Domingos Costa, o docente foi ao prédio participar de uma reunião no apartamento de uma amiga no 12º andar, e quando o encontro terminou, o professor seguiu para fora do edifício. Já na parte da frente, ele encontrou um jovem com uma camisa amarela da Seleção Brasileira. Ariel questionou se o morador era “bolsonarista” e, diante da afirmativa, começou uma série de insultos contra o rapaz.

Ariel Tavares estava acompanhado do também professor do IFMA Rômulo Rauta e de outra amiga professora de nome Suely, que tentaram alcamá-lo. Todos aparecem nas imagens de vigilância do prédio. Os insultos do professor contra o jovem resultou em agressão física. Ele partiu para cima do morador com chutes e socos.

– Invasão ao prédio

Mesmo agredido, o morador do Edifício La Touche Residence conseguiu fugir dos ataques e entrou no prédio, se escondeu na guarita onde fica o porteiro. Mas, não satisfeito, Ariel Tavares Pereira correu, arrombou o portão e adentrou o La Touche Residence para continuar as agressões contra o jovem.

Pelos vídeos, é possível perceber que em todos os atos, o professor do IFMA Rômulo Rauta tenta conter o colega que parece nitidamente estar sob efeitos alucinógenos. Ele chega a se debater pelo chão.

Com a gritaria, moradores desceram para saber o que estava acontecendo e também foram insultados por Ariel Tavares Pereira.

A Polícia Militar foi chamada e só conseguiu levar o professor para a Delegacia com a ajuda de outra guarnição. Os PMs tiveram que imobilizá-lo e algemá-lo com ajuda de moradores. Colocado dentro da viatura, ele ainda se debateu e depredou o veículo, como mostra o vídeo acima. A confusão no Edifício La Touche Residence durou mais de uma hora.

– Confusão no hospital e na delegacia

Os Policias Militares primeiro levaram o professor para o Hospital Municipal Djalma Marques, “Socorrão I” para fazer curativos. Contudo, na unidade de saúde, Ariel Tavares Pereira insultou um médicos e duas enfermeiras, chamando os profissionais de “analfabetos funcionais”, entre outros desaforos.

Já no Plantão Central Cajazeiras, o professor do IFMA arrumou mais confusão. Desta vez, com o escrivão da delegacia. Ariel Tavares começou a destratá-lo e intitulá-lo de “capitão do mato”, branquelo e escárnio da sociedade e “burguês”, ele também quebrou objetos da Delegacia. E, em seguida, acabou preso por ordem do delegado de plantão.

Blog do DC apurou que a confusão durou até às 7h da manhã, quando um irmão do professor, que seria advogado, chegou ao local, pagou a fiança e liberou ele. Ariel Tavares responderá por diversos crimes como invasão como invasão de domicílio (art. 150 § 1º do CPB), lesão corporal (art. 129 do CPB), calúnia ( art. 138 do CPB), difamação (art. 139 do CPB), ameaça (art. 147 do CPB) e dano (art. 163 §único do CPB).

Domingos Costa

Ministra Sonia Guajajara defende maior participação indígena nas políticas públicas

Ministra dos Povos Indígenas, Sonia Guajajara

O futuro dos povos originários brasileiros é um campo de disputas e possibilidades, marcado por contradições. Essa é a principal conclusão da série de entrevistas com intelectuais, lideranças e ativistas indígenas que a Agência Brasil publicou esta semana, por ocasião do Dia dos Povos Indígenas, lembrado nesta sexta-feira (19)
“Estamos em um momento de protagonismo dos povos indígenas […], mas, de fato, temos uma questão estrutural, problemas históricos, resultado do abandono, do descaso do Poder Público”, reconhece a ministra dos Povos Indígenas, Sonia Guajajara.

O número de pessoas que se autodeclaram indígenas cresceu no país quase seis vezes entre 1991 e 2022, período em que representantes de diferentes etnias passaram a ocupar espaços e posições antes inacessíveis e a presença de estudantes indígenas em cursos de graduação e pós-graduação se tornou comum – graças, principalmente, à implementação de uma política nacional de cotas. No entanto, mazelas seculares, como a violência, a discriminação, as violações aos territórios tradicionais e aos direitos básicos e a precariedade da assistência à saúde e da educação indígena seguem alimentando crises humanitárias como as que vitimam os yanomami, na Amazônia, e os guarani e kaiowá, no Mato Grosso do Sul, entre outros povos.

Brasília (DF), 25/04/2023 - A ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara, participa de plenária para discutir Autoridades Indígenas no Movimento e no Governo, durante o Acampamento Terra Livre. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
 A ministra dos Povos Indígenas, Sonia Guajajara, diz que “falar do futuro dos povos indígenas é falar do futuro de toda a humanidade” – Marcelo Camargo/Arquivo/Agência Brasil

“Temos que consolidar a participação indígena nos espaços onde as políticas públicas são pensadas, decididas e executadas”, propõe Sonia, para quem o reconhecimento da importância da contribuição dada pelas 305 etnias indígenas identificadas no Brasil, bem como o respeito a seus direitos, é fundamental para a construção de uma sociedade mais justa e sustentável.

Nascida na Terra Indígena Arariboia, no sul-maranhense, em 1974, Sonia Bone de Sousa Silva Santos é cria dos movimentos sociais. Deixou sua comunidade, ainda jovem, para estudar. Formou-se em letras pela Universidade Estadual do Maranhão (Uema), onde também fez pós-graduação em educação especial. Atuou em diferentes organizações indígenas, tendo sido coordenadora nacional da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib). Filiada ao PSOL, foi candidata a vice-presidente do Brasil, em 2018, na chapa encabeçada por Guilherme Boulos.