Carro mata jovem que caiu de moto com mais dois na BR 230; motorista que prestava socorro também foi atropelado

Acidente deixou uma jovem morta na BR 230

Uma jovem de 19 anos que não teve o nome divulgado, morreu atropelada na madrugada desta sexta-feira, 19, no km 404 da BR-230, em Balsas, no Sul do Maranhão. Ela estava em uma motocicleta com um condutor e outra ocupante, visivelmente embriagados e todos sem capacete, quando tombaram na pista.

De acordo com dados da Polícia Rodoviária Federal, o motorista de uma carreta parou para prestar socorro ao trio que estava caído no solo, quando um carro branco, de placa não identificada, atropelou os quatro. A jovem morreu na hora.

Os três feridos foram socorridos e levados para o hospital de Balsas, dois com ferimentos graves: o condutor do veículo de carga e o piloto da moto.

PF prende no aeroporto de São Luís homem condenado pelo crime de roubo qualificado

Foto Divulgação: PF

Na tarde de ontem, quinta 18/07, a Polícia Federal efetuou mais uma prisão no Aeroporto Marechal Hugo Cunha Machado, na capital maranhense.

O indivíduo L.S.M., de 46 anos, que viajava de São Paulo a São Luís, foi preso por policiais federais, em cumprimento a Mandado expedido pela 3ª Vara de Pinheiro/MA. O acusado possui condenação pelo crime de roubo qualificado (art. 157, §2, II do Código Penal).

Após os trâmites legais, o preso foi encaminhado ao Centro de Triagem, onde permanece à disposição da Justiça.

Homem armado é preso por racismo, difamação, ameaça e desacato em Vargem Grande

Foto Reprodução

Em uma ação realizada na tarde da última quinta-feira, 18, a Polícia Civil  prendeu em flagrante, na cidade de Vargem Grande, um homem, pelos crimes de racismo, difamação majorada, ameaça, desacato e posse irregular de arma de fogo de uso permitido.

Segundo a Delegacia de Polícia de Vargem Grande, a prisão ocorreu após várias vítimas comparecerem ao distrito policial, relatando ameaças e atos racistas cometidos pelo suspeito, bem como apresentaram vídeos das ofensas raciais, que já haviam repercutido na cidade.

Diante das denúncias, uma equipe de policiais civis se deslocou até a residência do investigado, no Bairro de Fátima, onde efetuaram a prisão. No imóvel, os policiais apreenderam uma espingarda usada para ameaçar as vítimas.

De acordo como delegado titular da cidade, Tiago Castro, durante o ato da prisão e apreensão, o preso tentou intimidar e desacatar os policiais, sendo autuado também por difamação majorada contra servidor público e desacato.

Após audiência de custódia, a prisão em flagrante foi homologada pelo Poder Judiciário, e o preso foi encaminhado ao sistema prisional do Estado do Maranhão, onde permanecerá à disposição da justiça.

VÍDEO – Mulheres de detentos protestam na BR 135 em frente a penitenciária em Pedrinhas

Protesto na BR 135

Um protesto está sendo promovido por mulheres de detentos na BR 135, em frente ao Complexo Penitenciário São Luís, em Pedrinhas, nesta quinta-feira, 18. A Polícia Rodoviária Federal foi acionada por contra da obstrução na rodovia.

As manifestantes alegam que as visitas foram suspensas na unidade UPLS 3 e também cobram providências com relação a supostas agressões que seus companheiros estariam sofrendo no presídio.

Veja imagens:

Polícia Federal e Anatel fecham rádios clandestinas em Timon

Foto: PF

A Polícia Federal no Maranhão, com apoio da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), deflagrou nesta quinta-feira, 18, a Operação Frequência Limpa no município de Timon/MA, com o objetivo de desarticular o funcionamento de três rádios em situação irregular.

As investigações constataram que as rádios operavam sem outorga ou autorização, em descumprimento ao Art. 183 da Lei nº 9.472/1997 (Lei Geral de Telecomunicações – LGT), importando num risco contínuo, podendo interferir em comunicações essenciais, incluindo operações de aeroportos, colocando em risco a segurança dos voos e passageiros.

Foto: PF

Durante a operação, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão nos locais identificados como instalações das rádios clandestinas. Os equipamentos utilizados nas transmissões ilegais foram apreendidos, resultando na interrupção das atividades clandestinas. Além disso, dois indivíduos, responsáveis diretos pela transmissão do sinal, foram presos em flagrante.

Os responsáveis pelas atividades ilícitas, caso condenados, podem ser penalizados com reclusão de dois a quatro anos, além de multa, conforme prevê o Art. 183 da Lei nº 9.472/1997.

O nome da operação destaca o compromisso da Polícia Federal em manter a ordem e a legalidade no uso das radiofrequências, protegendo a população dos perigos decorrentes de atividades clandestinas e assegurando que as comunicações essenciais não sejam comprometidas.

Motociclistas batem de frente e morrem na estrada do Quebra Pote; garupa ficou ferida

Acidente deixou dois mortos e uma mulher ferida no Quebra Pote

Dois condutores de motociclistas se envolveram em um grave acidente e morreram na noite desta última quarta-feira,17, na estrada do Quebra Pote, Região Metropolitana de São Luís.

A colisão frontal provocou o óbito de Ronielson Rocha Oliveira, de 21 anos, e José da Luz Lima dos Santos, de 49 anos. Uma mulher, que não teve o nome divulgado e estava na garupa de uma das motos ficou gravemente ferida e foi atendida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) sendo encaminhada ao Hospital Municipal Clementino Moura (Socorrão II).

As causas do acidente estão sendo apuradas.

Acusado de homicídio é condenado a 18 anos de prisão em Buriticupu

Juíza Urbanete de Angiolis, presidiu o júri em Buriticupu

Em júri presidido pela juíza Urbanete de Angiolis na última terça-feira (16), na 2ª Vara de Buriticupu, o réu Elinário Izidorio de Sena foi considerado culpado pelo conselho de sentença. A sessão de julgamento foi realizada no salão do júri do Fórum de Buriticupu. Ele recebeu a pena definitiva de 18 anos e meio de prisão, pelos crimes de homicídio e porte ilegal de arma, sendo 16 anos e meio pelo primeiro crime, que teve como vítima Valdir Soares de Almeida. O homicídio ocorreu em 9 de fevereiro de 2019, na rua do Açude, em Buriticupu.

Conforme apurado pela polícia, na data e local citados, a vítima, acompanhada de um homem identificado como Raimundo Evilásio, foram até a residência do denunciado para realizarem a cobrança da quantia de R$ 1.500 (um mil e quinhentos reais). Ao chegar, o dois entraram na casa e iniciaram uma conversa acerca do débito. Em dado momento, Elinário afirmou não ter a quantia em dinheiro e que viajaria alguns dias depois para receber um numerário e que realizaria o pagamento ao Raimundo Evilásio.

COBRADORES NA PORTA

Foi relatado na denúncia que a vítima acompanhou Raimundo Evilásio até a residência de Elinário porque Raimundo havia comprado um terreno de sua propriedade e lhe daria a quantia como parte do pagamento. Seguiu narrando a denúncia que Raimundo Evilásio falou para o denunciado que precisava do dinheiro porque estava devendo Valdir. Em determinado momento, Elinário teria se alterado e falado que não queria cobradores em sua porta, expulsando os dois homens de sua casa.

Por fim, foi apurado pela polícia que, ao se dirigirem até a motocicleta de Valdir para irem embora, Raimundo teria visto o denunciado sacar uma arma. Nisso, a vítima teria falado o seguinte: “Rapaz, você está me ameaçando com arma? Eu não aponto arma para homem, porque se eu apontar é para atirar”. Ato contínuo, Elinário teria efetuado diversos disparos de arma de fogo, ceifando a vida de Valdir Soares.

Homem é preso por estelionato eletrônico com utilização de nomes de agentes públicos na Grande Ilha

Foto: PCMA

A Polícia Civil do Maranhão deflagrou na manhã desta quarta-feira, 17, uma ação policial intitulada de “Operação Fake Rei”, de combate aos crimes de estelionato eletrônico com utilização de nomes de agentes públicos. Os alvos da operação foram endereços situados nas cidades de São José de Ribamar e Paço do Lumiar, ambos na região Metropolitana de São Luís.

As equipes policiais tinham a missão de cumprir mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão contra um homem alvo de uma investigação coordenada pelo Departamento de Combate aos Crimes Tecnológicos (DCCT/SEIC).

O delegado Guilherme Campelo, chefe do DCCT, disse que o suspeito já responde a outros processos referentes a crimes da mesma natureza, que vitimaram governadores, vice-governadores, senadores, embaixadores, ministro do STF, dentre outros.

Ainda segundo o delegado, a Polícia Civil passou a realizar investigação coletando elementos que indicaram a participação do suspeito, representando assim ao Poder Judiciário por medidas cautelares de prisão e busca e apreensão, as quais foram deferidas e cumpridas nesta manhã.

Nos alvos, os policiais civis apreenderam documentos e dispositivos eletrônicos de interesse das investigações que seguem para identificação de mais elementos e ao final envio ao Poder Judiciário.

Foto: PCMA

O chefe da DCCT também fez um alerta para que a população deva ficar atenta para contatos por meio eletrônico, buscando sempre a confirmação da identidade utilizando também os recursos tecnológicos à disposição, como chamadas de vídeo, principalmente quando implicar em pagamento de qualquer natureza.

OPERAÇÃO FAKE REI – O termo vem do latim, o que significa Coisas Falsificadas, identificando a operação cuja investigação verifica que todos os contatos realizados de maneira remota, bem como todas as informações, imagens e nomes utilizados para consecução do crime eram todos falsos.

PC prende dois empresários em São Domingos do Azeitão por venda ilegal de motosserras

Foto: PCMA

Na manhã desta quarta-feira (17), a Polícia Civil do Maranhão conduziu à delegacia, dois empresários, um homem de 38 e, uma mulher de 28 anos, ambos investigados por comercializar em seus estabelecimentos comerciais diversas motosserras sem autorização legal do Ibama em São Domingos do Azeitão.

A ação policial é fruto de um trabalho investigativo realizado no âmbito da “Operação Protetores do Biomas”, promovida pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

De acordo com o delegado Cláudio Mendes, os investigados estavam comercializando ilegalmente as motosserras sem autorização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Durante a diligência, os policiais civis conseguiram identificar e apreender 11 ferramentas motorizadas no local.

Os investigados responderão criminalmente e seus bens serão encaminhados ao Juizado Especial Criminal da Comarca de São Domingos do Azeitão, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Procon identifica irregularidades e autua supermercado Mateus da Guajajaras

Fiscais do Procon na unidade do Mateus Supermercados da Guajajaras

Durante ações de rotina, a equipe de fiscalização do Procon-MA encontrou diversas irregularidades em lojas da rede Mateus Supermercados, incluindo ovos estragados, quebrados, contaminados e presença de insetos. A operação foi desencadeada após denúncias de consumidores, que foi confirmada pela equipe de fiscalização.

Ações de fiscalizações em supermercados estão sendo fortalecidas para assegurar a saúde e segurança dos consumidores. Nos casos de desobediência aos protocolos sanitários e desrespeito aos direitos do consumidor, aplicaremos penalidades”, afirmou a presidente do Procon-MA, Karen Barros.

Diante das irregularidades, foi lavrado auto de infração, e os produtos impróprios para consumo foram apreendidos e descartados. O Mateus Supermercados responderá a processo administrativo e terá prazo de 20 dias para apresentar defesa. Após esse período, poderá ser penalizado, conforme previsto no Código de Defesa do Consumidor (CDC).

A fiscalização também ocorreu na unidade do Mateus Supermercados da Guajajaras. Consumidores que identificarem irregularidades podem formalizar denúncias pelo site www.procon.ma.gov.br ou aplicativo VIVA Procon.