PC cumpre mandados em caso de roubo a vereador em São José de Ribamar

Foto Reprodução

A Polícia Civil do Maranhão deflagrou, na manhã desta sexta-feira (19), uma operação policial a fim de cumprir mandados de busca e apreensão contra endereços de suspeitos de participação em um roubo contra a residência de um vereador do município de São José de Ribamar, fato ocorrido em março deste ano.  Os alvos foram endereços situados nos bairros J.Câmara, Matinha e Nova Terra.

Em um dos endereços, os policiais civis apreenderam uma quantidade expressiva de maconha, embalada em um plástico. Além disso, também foi encontrada, escondida em um forno da cozinha, uma arma de fogo do tipo revólver, calibre 38, com três munições intactas, a qual suspeita-se tenha sido utilizada no roubo a residência do parlamentar e em outros delitos.

Diante dos indícios de crime, um homem que se encontrava no local, foi preso em flagrante e levado para à delegacia para ser verificado sua participação no crime.

Em outro endereço, as equipes policiais apreenderam diversos aparelhos celulares, tablets e carcaças desses equipamentos, cuja procedência a Polícia Civil irá passar a averiguar na continuidade das investigações.

A ação policial foi coordenada pela Seccional Leste, com apoio da Seccional Norte e da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), todas vinculadas a Superintendência de Policia Civil da Capital(SPCC).

PC do Maranhão finaliza primeiro semestre de 2024 com mais 300 prisões

 

Foto Reprodução

A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), finalizou o primeiro semestre de 2024 com um total de 312 prisões na região metropolitana de São Luís. No período, também houve a recuperação de mais de 300 celulares e 150 veículos, refletindo um empenho significativo no combate à criminalidade.

O secretário da Segurança Pública, Maurício Martins, destacou a relevância das operações para a segurança local. “A eficiência da Polícia Civil é fundamental para a manutenção da ordem e segurança em São Luís e região metropolitana, bem como no interior do estado. Estamos comprometidos em oferecer todo o suporte necessário para que esse trabalho continue trazendo resultados positivos”, afirmou.

O delegado-geral da Polícia Civil do Maranhão, Manoel Almeida Neto, enfatizou a importância da integração entre unidades policiais e outros órgãos de segurança. “A cooperação entre nossas equipes e a coordenação eficaz das operações são importantes para alcançar esses números expressivos. Nosso objetivo é intensificar ainda mais essas ações neste segundo semestre”, declarou.

Foto Reprodução

Ao todo, as operações resultaram em 115 prisões preventivas, 95 prisões em flagrante, 65 apreensões de adolescentes, 20 prisões condenatórias, 9 prisões temporárias e 3 prisões civis. Foram recuperados 368 aparelhos celulares, 156 veículos e apreendidas 76 armas de fogo.

O superintendente de Polícia Civil da Capital, delegado Carlos Alessandro, atribuiu esses resultados ao comprometimento dos policiais. “Os números são resultados da dedicação e comprometimento dos policiais civis nas ações desenvolvidas pelas delegacias subordinadas à SPCC. Continuaremos trabalhando para que os números do segundo semestre também sejam expressivos”, pontuou.

Entre as ações destacadas, estão 98 operações de busca e apreensão que desmantelaram grupos criminosos envolvidos em homicídios, tráfico de drogas, roubos a residências, estabelecimentos comerciais e veículos. A Polícia Civil também teve participação significativa nas “Operações Átria” e “Caminhos Seguros”, focadas no combate à violência doméstica e familiar contra a mulher, e à violência contra crianças e adolescentes, respectivamente.

Força-tarefa da PC e PM prende cinco supeitos por associação criminosa em Caxias

Foto Reprodução

A Polícia Civil do Maranhão, com apoio da Polícia Militar deflagrou, na manhã desta sexta-feira(19), uma força-tarefa de combate aos crimes de associação criminosa armada, tráfico de drogas e roubos qualificados praticados no município de Caxias, no Leste do estado. As equipes policiais tinham a missão de cumprir mandados de busca e apreensão e de prisão contra alvos de investigados nos bairros Antenor Viana e Seriema.

O delegado Alcides Martins, chefe da 17ª Delegacia Regional de Caxias, destacou que, cinco homens, entre 18 e 31 anos idade, foram presos por serem investigados por cometerem os crimes alvos da operação.  Ainda segundo o delegado, das cinco prisões, duas foram por mandados e três em flagrante.

Foto Reprodução

Nas residências dos investigados, os policiais apreenderam armas de fogo, tipo pistola e revólver, munições, cocaína, maconha, além de aparelhos celulares roubados e eletrônicos diversos.

Os cinco presos foram levados à sede da Delegacia Regional de Caxias para serem submetidos aos processos de praxe e, em seguida, encaminhados para custódia na unidade prisional da região, onde permanecerão à disposição da justiça.

A operação foi realizada por equipes de policiais civis dos Distritos Policiais de Caxias; DENARC e DHPP Caxias; Delegacia Regional de Timon; Grupo de Pronto Emprego e Núcleo de Operações com Cães; Delegacia de Polícia Civil de Buriti, Delegacia Regional de Chapadinha; SHPP e Delegacia Geral.

Jovem contrata adolescente para serviço sexual, não paga e acaba esfaqueado em Codó

Foto Reprodução

Na noite da última quarta-feira (17), um jovem de 23 anos, cuja identidade ainda não foi divulgada, foi gravemente ferido na cabeça com uma faca na Rua Londres, no Residencial São Pedro, em Codó (MA). O incidente ocorreu após o jovem se recusar a pagar por um serviço sexual contratado através da internet.

De acordo com o jornalista Amaral Júnior, a vítima teria agendado um encontro sexual com um adolescente de 17 anos pelo Facebook, com o valor acordado de R$ 100. Após a relação, o jovem se negou a efetuar o pagamento, o que gerou uma discussão entre ele e o adolescente.

Irritado com a recusa, o adolescente atacou a vítima com uma faca, atingindo a parte de trás de sua cabeça. Após o ataque, o suspeito tentou se esconder na casa de um morador em um bairro próximo.

A Polícia Militar foi rapidamente acionada e conseguiu localizar o adolescente, que foi conduzido para a 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Codó. A vítima foi socorrida e encaminhada para atendimento médico. O caso está sendo investigado pela polícia, que busca determinar as circunstâncias completas do incidente e a motivação por trás da violência.

Assaltantes tentam roubar loja de celulares no Cohatrac e um é morto a tiros

Assaltantes é morton na Franciel Celulares no Cohatrac

Uma dupla invadiu a loja Franciel Celulares que fica localizada na Avenida Leste Oeste no Cohatrac e um deles acabou morto, na tarde desta quinta-feira, 18.

Populares contam que o autor dos disparos seria um policial de folga que estava no local no momento em quem os bandidos anunciaram o assalto. Inclusive um deles estaria vestido de mototaxista.

A Polícia Militar, Samu e Instituto Médico Legal de São Luís foram acionados.

PC do Maranhão realiza operação contra o tráfico em Timon; três são conduzidos

A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA), desencadeou na tarde desta quinta-feira (18), uma operação policial de combate ao tráfico de drogas no bairro Parque Aliança, em Timon, cidade à cerca de 426 km de São Luís. Durante a ação da polícia, três pessoas foram conduzidas para delegacia.

Segundo informações da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico de Timon (DENARC), após o recebimento de denúncias anônimas sobre diversas práticas de crimes de tráfico de drogas em um imóvel do bairro, uma equipe de policiais civis se descolou até as proximidade para verificar.

Após confirmarem a veracidade das informações anônimas, os policiais adentraram no imóvel e conseguiram apreender entorpecentes dos tipos “crack” e “maconha”, bem como apetrechos utilizados no tráfico, como embalagens plásticas e balança de precisão. Além dos entorpecentes, a equipe também conseguiu apreender um revólver calibre .38 e 07 munições do mesmo calibre.

Diante disso, os policiais conduziram três pessoas até a Central de Flagrantes de Timon, sendo dois menores de idade, e os apresentaram à autoridade policial plantonista.

Três membros de facção criminosa são presos por furto, roubo e ameaçar policiais

Foto Reprodução

Três indivíduos investigados por roubo majorado, organização criminosa, furto qualificado e ameaças a agentes de segurança foram presos nesta quarta-feira, 17, durante uma operação deflagrada pela Polícia Civil do Maranhão no município de Bacuri, na Baixada Maranhense.

Eles foram detidos mediante cinco mandados, entre prisão temporária e preventiva. Evidências até agora indicam que os três seriam membros do Comando Vermelho, organização conhecida na região por roubos em grupo utilizando armas de fogo.

Além das prisões, os policiais cumpriram nove mandados de busca e apreensão domiciliar. Nos endereços alvos, foram encontrados celulares e produtos dos roubos supostamente cometidos pelos indivíduos na região.

Os três foram levados para a Delegacia de Bacuri, que coordenou a operação. No local, eles passarão pelos procedimentos de praxe e, em seguida, serão encaminhados ao sistema penitenciário. As investigações seguirão a fim de desarticular a atuação da organização região.

Deram apoio à operação policiais das delegacias de Cururupu, Mirinzal, Cedral, ambas vinculadas à Delegacia Regional de Viana, além de policiais da Delegacia Regional de Zé Doca e da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI).

Gaeco deflagra operação Rei do Gado no MA para combater fraudes e sonegação de R$ 1,4 bilhão

Foto Reprodução

Na manhã desta quarta-feira, 17, o Ministério Público do Maranhão, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), deflagrou a operação Rei do Gado no estado do Maranhão, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa investigada por venda fraudulenta de gado e sonegação fiscal. A ação também foi realizada nos estados de Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Tocantins e no Distrito Federal. As práticas ilegais movimentaram aproximadamente R$ 1,4 bilhão.

A operação Rei do Gado está sendo cumprida pelo Gaeco do MPMA com a participação do Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal (GAESF), Coordenadoria de Assuntos Estratégicos e Inteligência (Caei), e Gaecos de Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Tocantins e Distrito Federal. Também participam a Receita Federal, a Secretaria de Fazenda do Maranhão, a Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged), Polícia Rodoviária Federal (PRF), as Delegacias de Combate à Corrupção do Maranhão e Distrito Federal, além das polícias Militar de Minas Gerais e de São Paulo.

Os investigados são servidores públicos, além de pessoas físicas e jurídicas, que, direta ou indiretamente, estão envolvidos nos crimes. A decisão expedida pela Vara Especial Colegiada dos Crimes Organizados de São Luís também determinou a suspensão do exercício das funções públicas de servidores, a suspensão das atividades das pessoas jurídicas envolvidas, bem como bloqueio de contas e apreensão de bens de luxo para ressarcir os cofres públicos.

Conduzidas pelo Gaeco e pela 3ª Promotoria de Justiça Regional de Defesa das Ordens Tributária e Econômica do Estado do Maranhão, as investigações revelaram a inserção de dados falsos sobre quantitativo de gado, idade e vacinas dos animais nos sistemas de controle, para simular a regular criação por pecuaristas cujas propriedades rurais sequer existem ou não comportam o número de animais registrados. O grupo criminoso também emitiu notas fiscais de venda de quase 500 mil bovinos e Guias de Trânsito Animal com informações falsas de compra e venda de gado.

PC prende suspeito de estuprar criança de 10 anos em Paço do Lumiar

Foto Reprodução

Na tarde da última terça-feira(16), a Polícia Civil, através da Delegacia Especial de Paço do Lumiar, deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva contra um homem, de 39 anos, apontado por um investigação como sendo principal suspeito de cometer um crime de estupro de vulnerável praticado contra uma criança de 10 anos de idade. O crime ocorreu no bairro da Pindoba, em Paço do Lumiar, na região Metropolitana de São Luís.

Segundo a investigação, o suspeito convivia na mesma residência que a criança e costumava lhe dar presentes e doces, para lhe conquistar. Além disso, verificou-se, pelas declarações da vítima que os abusos começaram quando ela ainda tinha 08 anos de idade.

Em fevereiro deste ano, a mãe da criança descobriu o crime e denunciou à polícia. Nesta terça, o Poder Judiciário expediu o mandado de prisão contra o investigado, sendo o mesmo executado de imediato por um equipe de policiais civis.

Após os trâmites legais na delegacia, o preso foi levado para uma unidade prisional da capital maranhense.

PC prende suspeito de agredir a companheira e a enteada em Chapadinha

Foto: PCMA

A Polícia Civil do Maranhão conseguiu, na última quinta-feira (11), prender em flagrante um homem suspeito pelo crime de lesão corporal no contexto da Lei Maria da Penha, na cidade de Chapadinha.

A vítima compareceu na Delegacia Especial da Mulher da cidade, informando que ela e a filha, uma criança, haviam acabado de sofrer violência física do então companheiro. De posse da denúncia, os investigadores realizaram diligências que resultaram na localização e prisão do agressor.

Segundo declaração da vítima, as lesões aparentes em seu corpo foram causadas pelo conduzido que chegou a empurrar a enteada, que tentava defender a mãe.

Segundo a delegacia especializada, medidas protetivas já haviam sido requeridas pela vítima, mas o agressor não havia sido encontrado pela justiça para ser intimado do deferimento delas. Na ocasião da prisão em flagrante, a autoridade policial cientificou o conduzido das referidas medidas a seu desfavor.

A Rede de Proteção da Criança e Adolescente da cidade de Chapadinha foi mobilizada, e a criança está sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar.

A mulher se encontra em um abrigo provisório disponibilizado pela prefeitura.